Em noite de Virada Cultural, o show é alviverde - Nação Alviverde - Site Oficial

Publicidade

Em noite de Virada Cultural, o show é alviverde


O relógio aponta, é dia de sábado. Para os moradores da capital paulista, o fim de semana é marcado com diversas atrações artísticas, gratuitas, para curtir o fim de semana. O palmeirense tinha um fator a mais para aproveitar essa diversidade de eventos, o maior deles; acompanhar o Palmeiras enfrentar o Santos, buscando manter a liderança. Clássico que valia a liderança isolada do campeonato.  

A banda alviverde entrava em um dos palcos mais tradicionais do futebol paulista. Devido ao show dos Los Hermanos, o Pacaembu foi o destino dos mais de 30 mil torcedores. Quem escolheu ver o jogo, em vez de aproveitar a Virada Cultural no mesmo horário, não se arrependeu. Logo aos 6 minutos, Dudu, o nome do jogo, cobrou uma falta na diagonal, Gustavo Gómez ganhou no alto, e abriu o marcador. O time não perdeu a intensidade, Dudu deu mais uma assistência, e Deyverson ampliou o marcador. 

Contra sua principal vítima, Dudu comandou o time (Foto: Ricardo Moreira/fotoarena)

Os 20 minutos inicias para o Palmeiras passaram a ser cruciais. Nesse período que o time buscou a vitória nos últimos jogos, abriu o marcador contra o Santos, e aproveitou para confirmar a vitória. Com intensidade e vigor técnico, Raphael Veiga, fazendo uma grande partida, marcou o terceiro, aos 12 minutos. Mesmo com o jogo administrado, o time não perdeu o foco e determinação, manteve suas infiltrações, e o resultado rendeu frutos quando Dudu disparou em um contra-ataque, deu sua terceira assistência, e Hyoran fechou o marcador. Final de jogo; 4x0.   

Em mais um confronto entre líderes, o Palmeiras se sobressai e leva a vitória. Galo e peixe não foram páreos para o porco. Gómez, Felipe Melo, Marcos Rocha e Dudu foram os personagens principais do jogo, principalmente o atacante, voltando aos velhos tempos de futebol eficiente. Próximo evento na turnê palmeirense será na quarta-feira (22), às 19:15h, no Maranhão, contra o Sampaio Corrêa, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Líder, 28 jogos invictos, e a afirmação na busca pelo hendeca brasileiro. Em palcos nacionais, Sampaoli faz a abertura para Felipão comandar o show.   

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.